Dia a dia
Dia a dia
Menu
Dia 0
Dia 1
Dia 2
Dia 3
Dia 4
Dia 5
Dia 6
COMEÇAR A VIVER A EXPERIÊNCIA

 

Peso da Régua, a icónica cidade atravessada pelo rio Douro e rodeada por montanhas cobertas de vinhas, dará as boas-vindas à caravana do Ride Across Portugal, neste dia “0”.

O secretariado, assim como toda a logística, estão sediados no hotel oficial da prova - Hotel Régua Douro, localizado no centro da cidade junto à margem do Rio Douro.

O primeiro briefing, assim como o jantar de boas vindas serão realizados no Museu do Douro, um espetacular espaço onde é possível conhecer a história e sentir toda a magia desta que é a região vinícola demarcada mais antiga do mundo, declarada em 1756 e reconhecida como património mundial pela UNESCO em 2001.

Depois de receber as boas vindas e fazer a sua credenciação, cada participante recebe o seu kit Ride Across Portugal:

  • Jersey oficial
  • Polo oficial
  • Saco de viagem oficial de 100 litros (Thule)
  • Road-book e track GPX de todas as etapas
  • Brindes das marcas parceiras

As bicicletas são montadas pelos próprios atletas num espaço dedicado e com o apoio de mecânicos especializado.

As malas de viagem trazidas de casa pelos atletas, assim como as caixas ou malas das bicicletas de cada participante são entregues à Organização que as devolverá no final da última etapa.

No briefing deste dia zero serão dadas informações importantes sobre todo o evento. É o melhor momento para os participantes terem as respostas para as suas últimas duvidas.

O jantar de boas-vindas, com base na gastronomia local, é o momento para começar a contactar os companheiros deste desafio inesquecível.

 

AS MONTANHAS E O RIO DOURO

 

Queremos que viva o Ride Across Portugal como uma experiência de cycling muito especial e que o sinta logo desde o seu início.

Por isso nada como começar o Ride Across Portugal percorrendo aquela que é considerada a mais bela estrada do mundo. Os primeiros 18 km da primeira etapa são percorridos na Estrada N222, que liga o Peso da Régua ao Pinhão. Uma estrada deslumbrante, sempre junto à margem esquerda do Rio Douro, rodeada por algumas das quintas mais cónicas do Douro e que foi eleita como a melhor e mais bonita Estrada do Mundo, num concurso internacional promovido pelo prestigiado grupo internacional de rent a car Avis.

Estes primeiros 18 km são um aperitivo especial para esta 1ª etapa onde os participantes percorrem uma viagem mágica através do Vale do Douro e das montanhas características do norte de Portugal. 

O verde é a cor dominante dos vales e encostas percorridas nesta etapa em que o Rio Douro é e grande estrela do dia.

Os participantes irão passar por algumas das vilas e aldeias da região do Douro, ligadas por encostas decoradas pelas famosas vinhas desta que é a mais velha região vinícola demarcada do mundo.

E é no meio das montanhas, numa pequena aldeia recheada de história que os atletas poderão descansar e recuperar do esforço após terminarem esta primeira etapa. No surpreendente Hotel das Termas da Longroiva, os atletas encontram todas as condições para relaxarem e recuperarem da melhor maneira para a etapa do dia seguinte.

 

A CONQUISTA DO PONTO MAIS ALTO DE PORTUGAL CONTINENTAL

 

No segundo dia, percorre-se uma das etapas mais especiais do Ride Across Portugal, marcada no seu final, pela alta montanha e pela subida de categoria especial que leva os participantes à conquista do ponto mais alto de Portugal Continental (Alto da Torre) com 1.993 m de altitude.

Mas antes de chegar a este local altamente simbólico para todos ciclistas em Portugal, e palco das 'etapas rainha' da Volta a Portugal, os atletas percorrerão algumas das mais selvagens e espetaculares paisagens do nosso país, com a subida final a percorrer o fantástico Vale Glaciar do Zêzere.

A ligação entre o Alto da Torre e o charmoso Hotel de Montanha que acolhe o final desta etapa, é feita em constante descida (cerca de 14 km) com uma envolvente paisagística de cortar a respiração.

Muitas são as histórias do dia partilhadas entre os participantes durante o jantar, que será servido na espetacular Pousada Serra da Estrela, que recebe as bravas e bravos escaladores após a longa descida desde o Alto da Torre.

 

O CARROSSEL DA BEIRA BAIXA E O RIO TEJO

 

Embora esta 3ª Etapa seja uma etapa de recuperação, tendo em conta a alta montanha do dia anterior, está longe de ser uma etapa plana e muito menos monótona.

Neste dia, o Ride Across Portugal, faz o seu percurso, na sua maioria, ao longo das belas e onduladas estradas da Beira Baixa.

Mas é de relevar também a travessia do Rio Tejo (o maior rio de Portugal) junto ao imponente monumento natural das Portas do Rodão, oferecendo aos participantes a vista de um dos postais mais icónicos do nosso país. 

No final da etapa, é hora de não só apreciar a História, mas experimentá-la pessoalmente, enquanto se recupera na atmosfera ímpar do novíssimo e espetacular hotel que foi implementado na mais antiga coudelaria do mundo, a Coudelaria de Alter do Chão, onde os participantes poderão conciliar a sua recuperação com a vivência de uma coudelaria mundialmente famosa e com toda a história associada ao cavalo Puro Sangue Lusitano.

 

ALENTEJO, A TOSCÂNIA PORTUGUESA

 

Propositadamente mais curta, esta 4ª etapa, para além de permitir aos atletas recuperar do esforço acumulado nos dias anteriores, possibilita a chegada mais cedo ao final da etapa, onde os participantes são acolhidos em Évora.

A paisagem ondulada, tipicamente alentejana, com as estradas enquadradas por searas e sobreiros é por vezes contrastada pelos espelhos de água das barragens atravessadas ao longo do percurso.

Avis, Pavia e Arraiolos são algumas das cidades e vilas mais emblemáticas e históricas do Alentejo cruzadas nesta 4ª etapa. Já em Évora, cruzam-se como em nenhum outro local, a história, a cultura, a gastronomia e toda uma atmosfera que faz desta cidade, uma das principais atrações turísticas do nosso país.

O Évora Hotel é o local perfeito para descansar e recuperar para as duas etapas que faltam para o final.

 

A SUPER ETAPA

 

No penúltimo dia os participantes enfrentam a etapa mais longa do Ride Across Portugal. Com uma quilometragem semelhante a uma etapa de uma grande volta, neste dia será possível viver a experiência dos ciclistas profissionais, com a equipa da organização a dar todo o apoio para que todos acabem o dia como vencedores deste desafio.

As paisagens mais remotas do Alentejo marcam esta etapa, com passagem em algumas das localidades mais icónicas desta região do sul de Portugal.

A etapa é maioritariamente plana, mas muito desafiante, seja pelo seu traçado, seja pela diversidade de alguns dos cenários, terminando com a entrada no Algarve e com ascensão da Serra de Monchique, a verdadeira cereja no topo do bolo que é esta super etapa.

Os bravos ciclistas são recebidos na Vila de Monchique, bem no topo da montanha que domina a paisagem algarvia. As vistas privilegiadas que se estendem até à costa e o charme que envolve esta vila termal serão um prémio merecido para o esforço de todos os atletas.

No Hotel Termas de Monchique, todo o pelotão poderá relaxar e recuperar desta grande etapa, desfrutando deste resort termal onde a calma e o charme se fundem numa atmosfera única.

 

A Serra, o Rio e o Mar

 

A etapa do último dia é mais curta e menos exigente, compensando o maior esforço do dia anterior. Uma etapa de consagração que permite chegar mais cedo e desfrutar do espetacular cenário da chegada e do convívio entre toda a caravana à volta da conquista deste desafio.

Apesar de ser mais curta, esta etapa é bastante interessante. A saída do Monchique Resort será certamente marcada pela vontade de todos em voltar a este paraíso, situado a pouca distância do rebuliço das praias e dos spots turísticos da costa algarvia.

Após a descida da Serra de Monchique, os primeiros quilómetros são percorridos na desafiante estrada traçada na margem direita da barragem e da Ribeira de Odelouca.

O único Pit Stop desta etapa está localizado na icónica cidade de Silves, onde a história se evidencia de um modo especial com fortes marcas da herança da cultura árabe.

Um dos mais emblemáticos e espetaculares cenários da costa atlântica portuguesa acolhe o final do Ride Across Portugal. A Ermida da Srª da Rocha, no cimo de uma espetacular falésia, sobre o mar, será o inesquecível cenário para todos os participantes celebrarem a conquista do Ride Across Portugal.

Na falésia ao lado (a 300 m do local de chegada) está localizado o fantástico Hotel Pestana Viking. Um hotel de quatro (****) localizado sobre o mar. Depois da refeição de reposição e da desmontagem e empacotamento das bicicletas é tempo de relaxar e conviver desfrutando da praia, da piscina ou das esplanadas deste espetacular spot. 

O jantar de encerramento, com a cerimónia de entrega de troféus, será a grande festa de despedida da 4ª edição do Ride Across Portugal.